NOTÍCIAS

calendario.png

24/05/2021

Campanha “Amazoniza-te” realiza vigília em defesa
da Amazônia nesta terça-feira (25)

card_laudato.jpeg

Com transmissão ao vivo, a Vigília Amazoniza-te será celebrada online devido à pandemia de Covid-19.

   As organizações que integram a Campanha Amazoniza-te realizam na terça-feira, 25 de maio, uma vigília para celebrar a Semana Laudato Si e realizar um ato de fé em defesa da Amazônia. A Vigília Amazoniza-te será celebrada online e transmitida pelo Facebook, a partir das 20h.

 

    Com mensagem de fé e clamores pelo cuidado à casa comum, a “Vigília Amazoniza-te: acenda uma luz pela Amazônia” incentiva que féis rezem pela integridade da Amazônia e de seus povos e se oponham aos projetos que beneficiam o extrativismo e prejudicam a preservação do bioma.

 

  Cantos, poesias e preces em defesa da Amazônia e seus povos e testemunho de lideranças integram o momento de introspecção e reflexão, que pretende trazer luz para as questões enfrentadas na região.

 

   A ação também se une à Semana Laudato Si’, iniciativa que celebra a encíclica Laudato Si’, que completa seis anos nesta segunda-feira (24).

    O evento global, organizado pelo Vaticano, vai até o dia 25 de maio, e pretende refletir sobre Carta Encíclica Laudato Si’ do Papa Francisco a respeito do cuidado da Casa Comum.

    Maria Petronila Neto, animadora da campanha Amazoniza-te, destaca que a Laudato Si’ nos convida a ouvir o grito da terra e do grito dos pobres e que a realização da vigília é uma oportunidade de escutar as vozes dos povos amazônicos e chamar atenção para a destruição na Amazônia.

 

Campanha Amazoniza-te

    Criada em 2020, a campanha “Amazoniza-te” nasceu do diálogo entre as organizações eclesiais e da necessidade de sensibilizar a opinião pública brasileira e internacional sobre o perigo ao qual está sendo exposta a vida na Amazônia. O desmonte dos órgãos públicos de proteção ambiental, o desrespeito contínuo da legislação, bem como ausência da participação da sociedade civil nos espaços de regulação e controle das políticas públicas também fomentaram a criação da campanha.